Patrocínio/MG

Períodos nublados

Min 18
Max 30

Workshop promove capacitação exclusiva para mulheres do setor cafeeiro

A presença feminina na cafeicultura do Cerrado Mineiro vem se fortalecendo por meio de um projeto que visa capacitar e incentiva a presença feminina no setor. O projeto Elas no Café da Cooperativa dos Cafeicultores do Cerrado (Expocacer) realizou entre os dias 19 a 24 de fevereiro o Workshop Elas no Café, que ofereceu aulas teóricas e práticas com o intuito de promover, capacitar, integrar e desenvolver habilidades das mulheres do segmento.

Idealizado há 9 anos, o Projeto Elas no Café da Expocacer oferece oportunidades de aprendizado, networking e troca de experiências para mulheres que trabalham ou desejam atuar no setor cafeeiro. No início do programa a cooperativa registrou 13 cooperadas. Após o Elas no Café esse número passou para 116 cooperadas inscritas, um aumento de 792% de mulheres ativas.

De acordo com Raquel Paza Lazarin, Diretora de Desenvolvimento Organizacional da cooperativa, o Workshop Elas no Café é mais uma iniciativa que reafirma o compromisso da Expocacer com a diversidade e inclusão.

“A Expocacer reconhece o papel fundamental das mulheres no setor cafeeiro e está empenhada em apoiar o desenvolvimento e o empoderamento dessas profissionais. Acreditamos que o evento promove um ambiente mais justo, onde todas as vozes têm a oportunidade de serem ouvidas e os trabalhos desenvolvidos por elas de serem valorizados".

Durante o Workshop Elas no Café foram abordados temas como: história da cafeicultura, a importância do cooperativismo para o negócio café, análise sensorial dos grãos, qualidade da bebida, gestão de negócios, liderança, tecnologia, inovação, qualidade do café e sustentabilidade real.

Elas também conheceram cases de sucesso de profissionais ligadas à cafeicultura da região, aprofundaram conhecimentos sobre estudo das metodologias de Classificação Oficial Brasileira (COB) e Specialty Coffee Association of America (SCA), e também participaram de aulas práticas referentes aos processos de torra e harmonização do café.

Ao longo do curso, as integrantes participaram de competições de preparo de métodos e de uma visita à fazenda 5 Estrelas dos cooperados Ricardo e Gustavo Bartholo.

“A programação foi cuidadosamente elaborada para oferecer um conteúdo completo e enriquecedor, que contribuirá para o avanço das participantes em suas carreiras, nos seus negócios e no mercado como um todo”, explica Sandra Moraes, Gerente de Cafés Especiais da Expocacer.

As 16 vagas oferecidas pelo workshop foram preenchidas em menos de uma semana. Anualmente, a Expocacer também reserva vagas para participação de colaboradoras. Estima-se que ao longo do programa, cerca de 400 mulheres foram capacitadas.  

“Eu já havia visto algumas publicações nas redes sociais e sempre achei um trabalho incrível inserir mulheres nesse ramo. A família do meu marido produz café há gerações e meu objetivo é adquirir todo o conhecimento necessário para agregar valor à nossa marca de cafés, auxiliando-os tanto na produção quanto na gestão, e em todas as outras áreas que se fizerem necessárias. Quero também compreender melhor esse universo, trazendo para a gestão a perspectiva feminina, e, dessa forma, identificar oportunidades de melhoria e crescimento, além de aprimorar nossas práticas”, afirma Giovana Carpegiani, integrante do workshop Elas no Café 2024 e uma das vencedoras da “Copa Kalita”, campeonato de método realizado durante o curso.

Sobre a Expocacer:

Criada em 1993 e situada em Patrocínio/MG, a Cooperativa dos Cafeicultores do Cerrado (Expocacer) promove a qualidade dos cafés e o trabalho dos cooperados no Brasil e no mundo, por meio de iniciativas socioambientais relevantes e movimentação da economia de toda a região. A infraestrutura da cooperativa contempla dois armazéns com capacidade para mais de 1 milhão de sacas. Atualmente são atendidos 680 produtores, com exportação para mais de 30 países, nos 5 continentes. A Expocacer tem como missão promover o desenvolvimento sustentável do setor cafeeiro, valorizando a qualidade dos produtos e o trabalho de seus cooperados.

Centro de Saúde Animal do Unicerp: Excelência Veterinária ao Alcance de Todos


Em Patrocínio, uma estrutura de saúde animal avançada e exclusiva se destaca. É o Centro de Saúde Animal, situado no Campus do UNICERP, com instalações modernas, equipamentos sofisticados e profissionais altamente qualificados.


Dotado de uma estrutura completa, o local abriga quatro consultórios equipados, incluindo raio-X fixo e móvel, ultrassom e um laboratório de análises clínicas completo. De acordo com a coordenadora do curso de Medicina Veterinária, Profª. Francielle Sousa, “é importante ressaltar que possuímos todas as certificações e autorizações necessárias, incluindo o Alvará Sanitário da Vigilância Sanitária Municipal e o registro junto ao Conselho Regional de Medicina Veterinária de Minas Gerais (CRMV/MG), demonstrando conformidade total com os requisitos sanitários e legais”.


Os serviços oferecidos pelo Centro de Saúde Animal, são abertos à toda comunidade patrocinense, de segunda-feira a sexta-feira, das 07h às 19h. Garantindo assim, atendimentos diversos, que abrangem animais de pequeno e de grande porte, desde consultas de rotina até cirurgias.

Ainda de acordo com a coordenadora do curso, uma característica única é o envolvimento dos alunos do curso de medicina veterinária, os quais são supervisionados por três experientes Médicos Veterinários. Esta prática oferece aos nossos alunos uma valiosa experiência profissional, além de atender demandas acadêmicas e oferecer excepcional atenção e cuidado a cada animal atendido.


Para os atendimentos de grandes animais, os produtores têm a comodidade de receber os cuidados necessários em suas próprias propriedades rurais, com custo apenas dos medicamentos.

Para agendar consultas ou obter mais informações sobre os serviços oferecidos pelo Centro de Saúde Animal de Patrocínio, os interessados podem entrar em contato pelo telefone 3839-3731.

Região do Cerrado Mineiro entrega premiação para escolas vencedoras do Troféu Escola de Atitude

Prêmio reconhece a excelência da educação na região


No dia 22 de fevereiro, a Região do Cerrado Mineiro entregou os cheques às escolas vencedoras do Troféu Escola de Atitude, inscritas no 11º Prêmio Região do Cerrado Mineiro, ocorrido no final de 2023. A cerimônia ocorreu no Ponte de Terra Tênis Clube, em Carmo do Paranaíba (MG), com a presença de representantes da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, da Cooperativa dos Cafeicultores do Cerrado da Região de Carmo do Paranaíba (Carmocer), da Cooperativa Agropecuária de Carmo do Paranaíba (Carpec), além de autoridades, escolas premiadas, cafeicultores e autoridades.


 


O Troféu Escola de Atitude reconhece projetos educacionais inovadores que refletem a dedicação da Região do Cerrado Mineiro ao ensino. Além disso, durante a cerimônia, produtores campeões e participantes do leilão do 11º Prêmio Região do Cerrado Mineiro, das cooperativas Carmocec e Carpec, também foram homenageados.


 


Premiação


O Troféu Escola de Atitude foi conquistado pela Escola Municipal Doutor Júlio do Couto Gontijo, de Carmo do Paranaíba, com o projeto 3D´S – Três Dimensões: +Família +Conexão +Informação, inscrito pela cooperativa Carmocer, cujo objetivo é explorar três grandes e relevantes dimensões, a favor da maior missão da escola: o processo ensino-aprendizagem, tornando a escola um local onde a família se sinta acolhida e os alunos se comportem como agentes transformadores da sociedade.


 


Outras quatro escolas foram premiadas sendo, em segundo lugar a Escola Estadual Antônio Atanásio, inscrita pela cooperativa Carpec; em terceiro lugar, a Escola Municipal Professor Gaspar Braz de Araújo, inscrita pela cooperativa Carmocer; em quarto lugar a Apae de Patrocínio, inscrita pelo cooperativa Expocacer e em quinto lugar a Escola Municipal Maria Luzia da Silva, inscrita pela cooperativa Coopadap.


 


Elas irão dividir o prêmio de R$ 68.040,00, correspondente a parte dos 70% das vendas arrecadadas com os cafés do leilão realizado em 30 de novembro, em Uberlândia. Cada uma recebeu o troféu, o certificado e o cheque simbólico, conforme abaixo:


 


1º lugar - Escola Municipal Doutor Júlio do Couto Gontijo, de Carmo do Paranaíba - Projeto 3D´S – Três Dimensões: +Família +Conexão +Informação – R$ 34.020,00


2º Lugar – Escola Estadual Antônio Atanásio, de Carmo do Paranaiba – Projeto Encantar – R$ 13.608,00


3º Lugar - Escola Escola Municipal Professor Gaspar Braz de Araújo, de Carmo do Paranaiba – Projeto “A importância de aprender brincando através da psicomotricidade” – R$ 10.206,00


4º lugar – Escola Apae, de Patrocînio – projeto Arteterapia – R$ 6.804,00  


5º Lugar - Escola Escola Municipal Maria Luzia da Silva, de São Gotardo - Projeto A mágica da leitura – R$ 3.402,00


 


O diretor executivo da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Juliano Tarabal, destacou o poder transformador da educação e o papel fundamental do Troféu Escola de Atitude em reconhecer e incentivar projetos de alto impacto na Região do Cerrado Mineiro.


 


"Este é um momento especial para as cooperativas de Carmo do Paranaíba, Carpec e Carmocer, assim como para a Região do Cerrado Mineiro. Demonstrando a singularidade do nosso terroir e da micro região de Carmo do Paranaíba, sentimos orgulho de nossos cafés de alta qualidade, influenciados pela altitude, clima e o compromisso das pessoas com a adoção de tecnologias. Além disso, é significativo destacar que parte do recurso do leilão de café foi destinado ao Troféu Escola de Atitude, com três das cinco escolas premiadas localizadas em Carmo do Paranaíba. Acreditamos que os jovens de hoje serão os futuros cooperativistas", avalia Tarcísio Daniel da Silva, presidente da Carpec.


 


“Carmo do Paranaíba teve três projetos pedagógicos reconhecidos pela Região do Cerrado Mineiro. No entanto, independente das indicações, as duas cooperativas estão unidas em um objetivo comum: o crescimento contínuo de nossas escolas e a representação positiva de Carmo do Paranaíba na Região do Cerrado Mineiro. Queremos parabenizar tanto os cafeicultores premiados quanto os projetos das escolas de atitude pela sua dedicação e conquistas”, conclui Cleber Wilhiam Ribeiro do Amaral, presidente da Carmoce

Com o apoio da SLO e Basso Pancotte, Coopa realizou palestra técnica na área de Ensilagem para os seus colaboradores e parceiros

Dentro do programa de capacitação dos técnicos da COOPA, para melhor atender os produtores, no ano de 2024, realizamos mais um evento sobre a produção de silagem.


Com o título de “Como Otimizar o Custo no Processo de Ensilagem”, a zootecnista Evely Giovanna e a veterinária Evamaria Pereira conduziram um debate com os profissionais da Cooperativa durante o dia todo, nas dependências das ACIP/CDL, na última quarta-feira, dia 21 de Fevereiro.


A silagem tem muita relevância com o volumoso para vaca de leite em nossa região. A sua qualidade e o custo devem ser acompanhados de perto pelos produtores. E, cabe aos técnicos da COOPA, orientar e chamar a atenção para esse acompanhamento.


O plantio e o corte do milho, desde a escolha da semente, o método do plantio, o momento do corte, a armazenagem, a impactação e a proteção com lona do material picado, devem ser feitos com qualidade técnica para que o produtor, perante à produtividade de lavoura e a qualidade do silo, tenha uma boa produção por parte de seus animais.


Assim, a COOPA está contribuindo com os seus associados com assistência técnica, insumos e serviços de qualidade.

PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL ADOTA MEDIDAS PARA O CUMPRIMENTO DA ORDEM NO PLENÁRIO E SUPERINTENDENTE DO IPSEM É CONVOCADA

Realizada nesta quinta-feira, 22/2/2024, a 1ª Reunião Extraordinária da Câmara Municipal de Patrocínio. Após a leitura da mensagem bíblica pelo vereador Valtinho do Jandaia e o Pequeno Expediente aberto pelo presidente da Câmara, vereador Leandro Caixeta foi iniciada a mesma com a leitura de correspondências e comunicações.


O Presidente da Casa de Leis, vereador Leandro Caixeta expressou seu lamento pela ocorrência do episódio da 2ª Reunião Ordinária, realizada na terça-feira, 20/2, ressaltando a importância de debates saudáveis e construtivos.


O Presidente anunciou que serão aplicadas técnicas para garantir a ordem e o respeito durante as discussões. Uma delas é o controle do uso do microfone. Além disso, o Regimento Interno será cumprido com imaleabilidade, concedendo aos vereadores um limite de 5 minutos para debater cada projeto, com mais 5 minutos para o autor, e suspensão do microfone em caso de desvios para ataques pessoais.


Esclareceu que a Câmara Municipal possui uma Comissão de Ética responsável por avaliar casos de infração ao Regimento Interno e ao decoro parlamentar. Após análise, a Comissão emite um parecer que serve de base para a tomada de decisões posteriores.


Após a execução do Hino à Patrocínio, na ORDEM DO DIA foi apresentado EM DISCUSSÃO E VOTAÇÃO ÚNICA, o Processo de Resolução nº 33/2024 para o retorno das Reuniões Ordinárias no período noturno que obteve 6 votos contrários e 5 votos favoráveis.


Dirigidas ao prefeito municipal, as Indicações de números 2033 a 2050/2024 e Moções de números 544 a 546/2024.

APROVADA CONVOCAÇÃO DA SUPERINTENDENTE DO IPSEM


Por 11 votos favoráveis, foi aprovado o Requerimento de Convocação nº 04/2024 convocando a Sra. Marcilene Jacinto Queiroz, Superintendente do IPSEM – Instituto Previdenciário dos Servidores Municipais, para prestar informações acerca da questão financeira do órgão e da notícia veiculada amplamente nas redes sociais sobre o rombo praticado por servidora da autarquia municipal, autoria do vereador Thiago Malagoli.


 


REQUERIMENTOS DE INFORMAÇÃO SÃO REPROVADOS


Por 7 votos contrários e 5 votos favoráveis foi reprovado o Requerimento de Informação nº 40/2024 que Requer ao Secretário Municipal de Saúde que envie à Câmara Municipal informações acerca dos atendimentos de pacientes na rede pública de saúde quanto às consultas e principalmente cirurgias, bem como o cronograma de atendimento para saber se a fila de espera está sendo erguida e os pedidos de exames e cirurgias mais antigos estão tendo prioridade, autoria do vereador Paulo Roberto dos Santos (Panxita).


Por 7 votos contrários e 5 votos favoráveis foi reprovado o Requerimento de Informação nº 41/2024 que Requer ao Secretário Municipal de Esportes e Lazer que envie à Câmara Municipal informações referentes ao não pagamento da arbitragem, bem como informações sobre o Convênio no valor de R$ 712.000,00 pago à empresa Superação Arena, da cidade de Monte Carmelo/MG, que seriam relativos a 1.600 jogos contratados, autoria do vereador Paulo Roberto dos Santos (Panxita).


 


GRANDE EXPEDIENTE


Para falar de assuntos de interesse da comunidade, participaram os vereadores Panxita, Odirlei Magalhães e Leandro Caixeta.


A 3ª Reunião Ordinária acontecerá no dia 27/02/2024, terça-feira, às 9 horas, no plenário da Câmara Municipal de Patrocínio sendo transmitida pelo site da Câmara Municipal e pelo YouTube.


 


Alex Guimarães Machado / Ascom CMP





 

[CARREGANDO...]

VER MAIS NOTÍCIAS